Atualidade

Tudo sobre o novo filme de Wes Anderson (e sim, tem Bill Murray)

O próximo trabalho do ícone hipster da realização é uma carta de amor aos jornalistas na Paris do século XX.

Enquanto “Ilha dos cães”, o último filme de Wes Anderson, parece estar a caminho dos Óscares, a sua próxima longa-metragem está em plena produção e as filmagens decorrem na região de Angoulême, no sudoeste francês, desde novembro. “The French Dispatch” marca a vivência e do realizador em Paris, onde mora atualmente e é a sua primeira realização na cidade.

Qualquer jornalista gostaria de receber uma carta de amor à sua profissão. O décimo filme de Wes Anderson é isso mesmo – uma profunda missiva dedicada a jornalistas de um diário norte-americano em Paris. Embora se saibam para já poucos detalhes sobre o enredo, foi revelado que toda a ação se passa na capital francesa, no rescaldo da Segunda Guerra Mundial. De acordo com informações avançadas pela “IndieWire“, o filme irá abordar três histórias diferentes. A publicação põe de lado a possibilidade de se tratar de um musical, como havia anteriormente avançado.

Com o argumento escrito pelo próprio realizador, o projeto é financiado de forma independente pelo multimilionário Steve Rales, do estúdio Indian Paintbrush, mas é possível que o filme faça a estreia em Cannes em 2019 e seja distribuído pela Fox Searchlight.

E não seria um filme de Wes Anderson sem o eterno Bill Murray, que regressa para dar continuidade a uma parceria que se estende a nove dos dez filmes do autor, com exceção a “Bottle Rocket”, de 1996. Na nova produção, o cineasta inclui ainda outros atores habituais como Frances McDormand e Tilda Swinton. Ao elenco juntam-se também Benicio del Toro, Jeffrey Wright e Timothée Chalamet.

Há rumores sobre as possíveis participações de Brad Pitt, Natalie Portman ou Léa Seydoux, que também já participaram nos filmes de Anderson. Estima-se que a produção termine no início do 2019 e que a estreia aconteça apenas em 2020.

Outros artigos de Atualidade

Últimos artigos da 4MEN