Bem-estar

3 alimentos congelados para comer durante a dieta — as nutricionistas aconselham

Nem tudo o que é congelado é mau e há opções que podem ser verdadeiras salvações nos dias mais atarefados.
Eles vão facilitar-lhe a vida.

São fáceis de preparar, práticas, rápidas e uma ajuda preciosa para quem não tem muito tempo ou não gosta de cozinhar. O problema é que nem todas são amigas da dieta. É por isso que deve ter cuidado com os alimentos congelados. A boa notícia é que há, pelo menos, três que pode comer sem comprometer o seu objetivo de perder peso — palavra de nutricionista.

“A utilização de alimentos congelados pode ser uma alternativa e uma solução para nos ajudar a manter uma alimentação saudável, quando não há tempo”, garante a nutricionista Maria Gama.

É que com a pressão no trabalho, cuidar dos filhos, arrumar a casa e o trânsito, tudo influencia o nosso tempo, a nossa disposição para cozinhar e, consequentemente, a nossa alimentação. E os alimentos congelados são opções nesses dias.

Dizemos-lhe quais são aqueles em que pode confiar. Tome nota.

1. Legumes congelados

“A teoria é bem diferente da prática, porque na realidade ter sempre legumes frescos seria o ideal. No entanto, nem sempre é possível ter tempo para chegar a casa e ter de arranjar legumes frescos para o jantar. Por isso mesmo, é importante ter sempre legumes congelados em casa”, diz a especialista. Assim, não fica tentado a escolher um acompanhamento mais fácil, como um pacote de batatas fritas.

2. Fruta congelada

A fruta fresca pode terminar ou já não estar capaz de se comer e, nessas situações, é sempre bom ter garantias de que tem uma solução. Uma delas é a fruta congelada, que pode servir para acompanhar os pequenos-almoços e snacks ou até para fazer batidos. Pode comprar a fruta congelada ou, então, pode arranjá-la em casa e congelar.

3. Peixe congelado

“Mais um alimento que nos garante ter sempre peixe em casa. Durante a semana torna-se difícil ir comprar peixe fresco diariamente, pelo que a versão congelada é uma solução que nos ajuda a ter uma alimentação saudável e a não optar por coisas menos boas”, explica a também autora do blogue “Põe-te na Linha“.

Portanto, mais vale ter sempre estes congelados em casa, do que não ter nada. É que se isso acontecer é muito provável que encomende refeições (e não consegue controlar o que está a comer) ou opte pelas coisas menos saudáveis que tem em casa.

Outros artigos de Bem-estar

Últimos artigos da 4MEN