Bola

Antes do adeus: 10 coisas que não sabia sobre ‘El Niño’ Torres

O ponta de lança do Atlético de Madrid anunciou que vai deixar o clube do coração no final da temporada.

Fernando José Torres Sanz até partilha o nome de uma velha glória do futebol português, José Augusto Torres “O Bom Gigante”, lenda do Benfica da década de 60. O avançado mortífero, cuja cara de menino esconde o instinto assassino, prepara-se para deixar o clube de sempre e com o qual assinou o primeiro contrato com apenas 15 anos: o Atlético de Madrid.

O anúncio foi feito pelo próprio na segunda-feira, 9 de abril. “Cheguei aqui com dez anos e o Atlético sempre será a minha casa. Esta será a minha última temporada no clube. Não foi uma decisão fácil, mas sentia-me com a obrigação de comunicar isto aos adeptos. Acho que é o melhor momento para fazê-lo, visto que o protagonismo que tenho hoje é muito pequeno“, revelou em entrevista ao jornal espanhol “AS”.

O internacional espanhol tem, até ao momento, 297 golos marcados em 841 jogos no futebol sénior – muitos deles marcados pelo seu Atleti, mas também pelo Liverpool, Chelsea e AC Milan, que também representou. Mas El Niño é muito mais do que uma lista de estatísticas.

No momento do adeus, e antes de vermos o craque espanhol mudar-se para os EUA ou para a China, vale a pena recordar alguns dos momentos e das curiosidades do ponta de lança que ainda pode deixar uma marca no Atlético de Madrid, ao ajudar a conquistar a Liga Europa – para isso, será preciso vencer o Sporting esta quinta-feira, 12 de abril, na segunda mão da eliminatória.

#1

Muitos acreditam que a alcunha “El Niño” se deve ao facto de ser tão perigoso dentro da área como o temível fenómeno climatérico. Errado. A alcunha foi dada pelos espanhóis por causa da sua cara de miúdo – e também pela falta notória de uma barba rija.

#2

Começou a carreira como guarda-redes, até que uma bolada na cara lhe arrancou dois dentes. Depois de um momento de ponderação (e de dor), Torres decidiu fugir para a outra ponta do relvado.

#3

É um enorme fã de J.R.R. Tolkien e da saga “O Senhor dos Anéis”. Gosta tanto do mundo de Aragorn, Frodo e Legolas que foi à procura de um intérprete de Tengwar, um dos idiomas dos elfos criados pelo autor, pediu para traduzir o seu nome e tatuou-o no braço esquerdo. Grande nerd.

#4

Foi contratado pelo Atlético de Madrid aos 11 anos, depois de marcar 55 golos na primeira época na equipa amadora do Rayo 13.

Outros artigos de Bola

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?