Bola

O dia em que Gattuso e Gascoigne destruíram um treino do Glasgow Rangers

O episódio de 1997 foi revelado por Ally McCoist, que acabou o treino com os pitões do italiano no peito.

Que Gennaro Gattuso era um cão raivoso dentro de campo, já ninguém tinha dúvidas, mas colocá-lo ao lado de Paul Gascoigne foi uma receita desastrosa durante um treino dos Glasgow Rangers. Ally McCoist, antigo avançado do clube, recordou um dos episódios mais caricatos que viveu no clube, numa época em que partilhou balneário com o italiano e com Gazza.

Poucos se recordarão que o atual treinador do AC Milan chegou à Escócia em 1997 com apenas 20 anos, vindo do Perugia, e que não falava uma palavra de inglês. Em entrevista à Talksport, McCoist recordou um dos famosos treinos em Murray Park, o centro de estágios do clube, um dos primeiros do italiano.

Pelos vistos, Gattuso andava “demasiado entusiasmado” e, ao seu estilo, começou a distribuir rasteiras e pontapés pelos colegas. “Ele treinava tal e qual como jogava”, revelou McCoist.

Walter Smith, o treinador, terá começado a ficar preocupado com a excessiva dureza do italiano, até porque se aproximava um jogo decisivo frente ao rival de sempre, o Celtic.

“Isto aconteceu a uma terça ou a uma quarta-feira, e estamos a aproximar-nos ao dérbi de Old Firm, que ia ser no fim de semana. O Gattuso estava a correr, a entrar com tudo. Um verdadeiro terrier. O Walter avisou: ‘temos um jogo importante no fim de semana, jogamos com o Celtic. Temos de ter cuidado com essas entradas'”.

Gattuso não percebeu e o treinador pediu a Gascoigne que fizesse a tradução, até porque tinha jogado durante três anos na Lazio. Um erro, explica McCoist.

“O Gascoigne chega-se ao Gattuso e diz-lhe que o treinador quer mais dele. Que se quer jogar no fim de semana, tem de mostrar um maior nível de compromisso no treino. Dois minutos depois, eu estava no meio do chão com seis pitons espetados no peito”, revelou, entre risos, o antigo avançado.

 

Outros artigos de Bola

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?