Bola

Presidente do Olympiakos multa jogadores e manda-os de férias

Evangelos Marinakis está furioso com as exibições e foi implacável: os jogadores vão ser multados em 400 mil euros.

O que é acontece quando uma equipa empata um jogo, deixa o líder do campeonato a três pontos de distância e apenas conquista três vitórias nos últimos oito jogos? Para o presidente do Olympiakos, a solução é simples: uma multa de 400 mil euros e férias antecipadas.

Evangelos Marinakis, líder do clube, não gostou da exibição dos jogadores no último sábado, 31 de março, que empataram no estádio do Levadiakos, o 10.º classificado do campeonato.

É que apenas a quatro jornadas do fim do campeonato, o Olympiakos – o heptacampeão em título – está a três pontos do líder, o AEK.

Segundo a imprensa grega, Marinakis terá dito aos jogadores que estava farto da irregularidade da equipa dos últimos tempos: “Eu e o resto dos adeptos toleramos o suficiente. Vão sair hoje e vão de férias. Vou construir o Olympiakos do início e fazer a equipa com que todos temos sonhado”.

O também proprietário do clube inglês Nottingham Forest afirmou que serão chamados jogadores da equipa de sub-20 para o resto da temporada.

“Eles amam o Olympiakos e os adeptos muito mais do que vocês. Vocês só pensam nas belas casas onde vivem e nos carros, não se preocupam com a equipa. Pago milhões para que vocês tenham tudo. Despedi três treinadores por vocês e, no final, parece que vocês é que eram os responsáveis”, disse.

Já em 2015, quando Vítor Pereira era o técnico do clube grego, a equipa foi multada em 500 mil euros pelas suas más exibições.

Nem tudo são más notícias: Marinakis manteve-se sereno, ao contrário do colega e presidente do PAOK, que em março invadiu o campo de arma à cintura.

Outros artigos de Bola

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?