Bola

Quanto é que vai pagar para ver todas as competições desta época?

A Eleven Sports chegou e baralhou todas as contas. No dia em que começa a liga portuguesa, a 4MEN diz-lhe como é que pode ver as melhores competiçoes – e quanto é que vai ter de pagar para o fazer.

A época do futebol vem aí. A maratona de 306 jogos do campeonato português arranca já esta sexta-feira, 10 de agosto, com um confronto entre Benfica e Guimarães. Há pela frente centenas de jogos de competições europeias e outros tantos das melhores ligas da Europa. Só que este não vai ser um ano como os outros, especialmente no que toca às transmissões televisivas.

Agora não basta ter uma subscrição da Sport TV, da Benfica TV e esperar pelo ocasional jogo da Champions em sinal aberto. A entrada em cena da multinacional britânica Eleven Sports – que garantiu, entre outras competições, a Liga dos Campeões e os campeonatos espanhol e francês – veio lançar a confusão.

A empresa recém-chegada tem um acordo exclusivo com a também recente operadora Nowo que ainda chega a poucas casas. Os clientes de NOS, MEO e Vodafone estão confusos. Nós também.

Afinal, como é que vamos conseguir devorar todos os jogos e, mais importante, quanto vamos pagar? Comecemos pelo princípio.

O que é a Eleven Sports?

A multinacional britânica de canais televisivos foi fundada em 2015, mas só chegou a Portugal este ano, apesar de já estar presente em oito países.

Na luta pelos direitos das grandes ligas europeias, a Eleven Sports ficou à frente da Sport TV. No seu catálogo tem, então, a Liga dos Campeões para as próximas três temporadas, as ligas espanhola, francesa, belga, escocesa e, a partir do próximo ano, a liga alemã.

Todos os jogos serão transmitidos no canal próprio a partir de 15 de agosto, sendo que vão ser lançados dois canais diferentes, ambos em HD. E é precisamente aqui que começam os problemas: a maioria dos portugueses terá que fazer uma enorme ginástica para conseguir subscrever este canal.

A luta das operadoras

Tomada a decisão da entrada no mercado português, a Eleven Sports optou por uma estratégia invulgar: assinou um acordo com a Nowo, antiga Cabovisão, que passou a ser a distribuidora oficial dos seus conteúdos em Portugal em regime de exclusividade. O problema evidente: estima-se que apenas 10% das casas estejam ligadas a esta operadora.

A questão poderia ser resolvida mediante um acordo entre operadoras, com a MEO, NOS e Vodafone a comprarem os direitos de transmissão Nowo. As negociações avançaram, mas esbarraram na recusa da detentora dos direitos que, de acordo com o “Jornal de Negócios”, terá recusado as propostas iniciais. Em entrevista ao mesmo jornal, o diretor da Eleven Sports e antigo jornalista Pedro Pinto, mostrou-se otimista num acordo “que não deve demorar”.

Sem acordo, como é que vai poder ver a Liga dos Campeões?

 

Outros artigos de Bola

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?