Comer e beber

Ponto 2: a padaria gigante do Porto com um brunch a 7€

Chama-se Ponto 2, é o segundo espaço dos donos da Leza e tem 24 variedades de pão. Também há exposições de pintura e de fotografia.

A decoração foi pensada pelo arquiteto Tiago Cramez
A dona, Lara Lucas, quis que a montra fosse reta para dar um ar mais apelativo aos bolos
Os pães são feitos na casa mãe, a Leza
O Ponto 2 tem exposições de pintura e fotografia
A esplanada tem lugar para 30 pessoas
Tarte de chocolate (1,40€)
Iogurtado (1,80€) e capuccino (1,30€)
Tosta mista com tomate (3€)

Serve pão ao pequeno-almoço ou ao lanche, além de tostas e um menu de brunch. O Ponto 2 é o segundo espaço dos donos da Leza, uma padaria tradicional aberta desde 2004, e fica junto da estação de metro da Casa da Música.

Há 24 variedades de pão, além de croissants, bolos variados ou tostas. Podem ter pasta de atum, frango ou delícias do mar (3€); fiambre, queijo, ovo cozido, alface, tomate e rodelas de cebola (3€); vegetariana, com estes ingredientes mas sem fiambre e queijo (2,80€); mista (2,50€); mista com tomate (3€); ou uma tosta ilha, ou seja, mista e imersa em molho de francesinha (3,50€). Também pode optar por um cachorro quente (2,50€).

O menu de brunch, disponível aos sábados e feriados, entre as 11 e as 16 horas, custa 7€ e traz uma cesta de pão e croissants, com manteiga e compota; iogurte com fruta e granola; sumo de fruta, meia de leite ou chá; uma quiche salgada; café e miniaturas doces. Também há uma variedade de cafés, cappucinos ou chocolate quente, além de whiskys, licores, sangria, cerveja, vodka e gin.

“Esta é a expansão da Leza, mas são conceitos completamente diferentes. A Leza é uma padaria tradicional portuguesa, esta reúne o que a outra tem de melhor. É mais moderna e espaçosa”, diz à NiT Lara Lucas, com 35 anos, a responsável pelos dois espaços.

Lara Lucas ficou com a Leza depois de o irmão, que era o dono, ter emigrado para Angola, em 2007. Toda a pastelaria e pães vendidos no novo espaço são feitos na Leza.

O Ponto 2 tem 145 metros quadrados e uma decoração que foi pensada pelo arquiteto Tiago Cramez. Há mesas, cadeiras e candeeiros em formatos e tons diferentes, além de bicicletas. O espaço também tem uma esplanada que fica num terraço interior — tanto nesse pátio, como dentro da padaria, há lugar para 30 pessoas sentadas.

Outros artigos de Comer e beber

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?