Comer e beber

Fãs de pregos, é obrigatório conhecer este restaurante no Porto

O Pregos&Martelo fica na Praça Marquês de Pombal. Também há vários petiscos e sandes — mas o mais surpreendente é a razão por que foi aberto.

Há seis variedades de pregos no espaço
O espaço tem lugar para 75 pessoas
Também pode provar petiscos como moelas ou alheira

Chama-se Pregos&Martelo e é o novo restaurante obrigatório do Porto para quem não dispensa um bom prego. Está aberto desde 3 de fevereiro, mas o objetivo principal não era abrir o espaço — o mais importante era tirar o que lá estava antes.

Passemos a explicar. João Moutinho, com 48 anos, queria há algum tempo abrir um hotel naquele edifício construído no século XVIII e que é património da cidade. Enquanto tratava do longo processo de licenciamento com a câmara municipal, percebeu que o piso de baixo, onde funcionava a churrasqueira A Galinhola há mais de 30 anos, não ia ser bom para a imagem do hotel.

“Aquilo estava muito degradado. O cheiro, o fumo… era tudo muito mau”, conta à NiT João Moutinho. “Não fazia sentido com o hotel que queremos construir.”

Como o edifício era ideal e não era possível separar os outros três pisos do rés-do-chão, João Moutinho teve a ideia de fechar a churrasqueira — que parece digna de um episódio de “Pesadelo na Cozinha” — e abrir o próprio restaurante. “Foi um desafio que fizemos aos donos, que também já queriam descansar.”

Em conjunto com a mulher, que já tinha experiência na área da restauração, João Moutinho ficou com o espaço em novembro. Foi completamente remodelado por dentro. Tem uma sala de jantar e uma zona de bar com um ambiente mais moderno onde são servidos pratos portugueses.

A especialidade é o prego, feito de bife do lombo. Há seis variedades: o simples (3,60€), o que tem cebola caramelizada (3,90€), com queijo e fiambre (3,90€), com queijo da Serra derretido (4,30€), e aquele que é servido com cogumelos Paris e natas (4,20€). Há ainda um prego de carne de frango (3,80€), com queijo brie, pimentos grelhados e maionese. A ideia é que no futuro haja pregos do mês e outras opções que entrem e saiam da carta de vez em quando. Para acompanhar os pregos, há as cervejas Super Bock Seleção 1927 e uma seleção de vinhos.

O Pregos&Martelo também tem vários petiscos. Há bacalhau com grão (3,50€), iscas de fígado (2,80€), moelas (3€), pataniscas (4€), bacalhau desfiado (4,50€), morcela (3€) ou alheira (2,50€). Outra opção são as sandes: de ovo estrelado (2€), omelete (2,30€), alheira com ovo (2,50€), queijo da Serra (2,90€), presunto (2,30€), lombo de porco (2,50€) ou as tradicionais bifanas (2,50€). Tem ainda torradas, tostas, saladas e tábuas de enchidos e queijos. O menu infantil custa 5,50€ e traz um hambúrguer com ovo, batatas fritas e uma bebida para a mesa.

A decoração foi pensada pelo atelier Glamour Art, de Matosinhos. O espaço tem cerca de 120 metros quadrados e lugar para 75 pessoas almoçarem, petiscarem durante o dia ou jantarem. O hotel, que ainda não tem nome, continua no burocrático processo de licenciamento.

“Nem temos a certeza se vai abrir. O que queríamos mesmo era que fosse até ao final do ano.”

A abrir, a unidade terá 16 quatros divididos por dois andares. Há um terceiro, mas apenas com a área da receção. João Moutinho quis “ter uma experiência nova” depois de trabalhar vários anos como joalheiro. Ainda trabalha com duas empresas de diamantes.

Outros artigos de Comer e beber

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?