Restaurantes

Há uma cervejaria chique na Avenida da Liberdade

Fica no lugar da antiga Brasserie Flo e serve peixes e mariscos de toda a costa portuguesa. Tem também pratos de carne, muitos vinhos e champanhes para acompanhar.

Chama-se Cervejaria Liberdade e desde o ano passado que é o restaurante do Hotel Tivoli Avenida Liberdade. Nasceu no lugar da antiga Brasserie Flo e continua a servir ostras nacionais como sempre.

Aquele espaço já foi o Restaurante Beatriz Costa, em homenagem à atriz que viveu durante muitos anos no hotel, e desde 2008, altura em que o Tivoli fez 75 anos, mudou de nome e conceito para a Brasserie. Tem uma nova decoração, muito mais moderna e sem o estilo tradicional que sempre caracterizou o espaço, e também um menu com muitas propostas de peixe e marisco nacionais.

Ao centro da sala está um grande balcão retangular com uma banca de gelo que quase parece saída de um qualquer mercado lisboeta. É aqui que são colocados todos os peixes frescos que podem ser pedidos, como a garoupa (26,50€), o linguado (33€) ou o pregado (35€), todos grelhados e com acompanhamento.

Para começar, claro que as ostras (3€ a unidade ou 16€ por seis) são sempre uma sugestão. Há ainda gambas cozidas (60€/kg), camarão de Espinho (90€/kg), percebes (95€/kg), amêijoas à Bulhão Pato (18€) ou casquinha (sopa) de santola (18€). Se for em grupo o melhor mesmo é optar por uma das Marsicadas. Tem a Tivoli, com lavagante, casquinha de santola, oito ostras, percebes e ambas do Algarve (130€), ou a Avenida, com sapateira, gambas do Algarve e amêijoas à Bulhão Pato.

E como é comum em cervejarias, na nova da Avenida da Liberdade tinha de existir pratos de carne no menu. O prego do lombo (9,90€), o pica pau (20€), a posta mirandesa (55€), o bife tártaro (24,50€) e os secretos de porco (20,50€) são algumas das sugestões. Menos comuns são os pratos de inspiração japonesa e peruana que aqui existem. Há sushi, gunkan e sashimi (desde 8€), mas também ceviche de salmão, atum ou peixe branco (18€)

Para terminar tem mousse de cacau com 70% (8,40€), um crepe com ovos moles, laranja confitada e amêndoa caramelizada (9,50€) e ainda uma sopa de morangos (19,90€), que chega para duas pessoas. Só bons motivos para ir conhecer o novo restaurante de Lisboa. E não se esqueça de levar uma roupa apresentável — o espaço merece.

O grupo Minor Hotel Group comprou os hotéis Tivoli em 2016 e esta é uma das mudanças que estão a fazer. Já no início de abril abre o antigo Tivoli Jardim totalmente renovado e com novo nome: Avani Avenida Liberdade Lisbon Hotel.

Outros artigos de Comer e beber

Últimos artigos da 4MEN