Comer e beber

Picanharia: o novo restaurante onde paga 10,50€ e come picanha até não conseguir mais

E ainda lhe enchem a mesa de acompanhamentos, com feijão preto, arroz, farofa, e batata frita.
Peça até não aguentar mais.

Loucos por picanha e comida à discrição, há um novo restaurante que têm de conhecer. A Picanharia abriu em Massamá, na zona de Sintra, no final de maio. É um espaço onde pode comer a picanha que quiser. O menu custa 10,50€ por pessoa, chegam à mesa as travessas que conseguir despachar e ainda muitos acompanhamentos, como feijão preto, farofa, salada, batata frita e arroz. As crianças até aos 10 anos pagam 6€.

A picanha à discrição é a especialidade do recente Picanharia. Ao menu pode acrescentar um extra de ananás por 2€. Esta é a sugestão mais pedida aos almoços e jantares. Se não quiser sair a rebolar, há pratos simples, também com carne. É o caso do bife de picanha com feijão preto e arroz (12,50€), ou o hambúrguer de picanha com queijo e batata frita (9,50€).

Se preferir peixe, há tranche de salmão grelhado com batata a murro (9€), e o cachaço de bacalhau com azeite, alho e batata (10,50€). Tem ainda alguns petiscos, como os croquetes e novilho (1,20€ duas unidades), o pão torrado com queijo da Serra (1,85€), ou os pregos, onde volta a picanha à mesa. Existe com molho de queijo (3,25€) e sem (2,90€).

Mousse de chocolate (2,50€), tarte de limão merengada (3€) e quindim (2,50€) são as sugestões de sobremesa. Para acompanhar há vinhos, cervejas e refrigerantes, mas também caipirinhas (4,50€). Preparam ainda sangrias de vinho branco, tinto e rosé que são servidas em jarros com um ou dois litros (custam desde 6,70€).

Já este ano tinha aberto na zona da Amadora um restaurante com picanha à discrição. No Casquinha o menu é 50 cêntimos mais caro, mas também sai de lá bem composto.

Outros artigos de Comer e beber

Últimos artigos da 4MEN