Desporto

Nem Ronaldo, nem Neymar. Melhor do que Félix só mesmo Messi

Os números do jovem benfiquista na época de estreia são impressionantes e colocam-no à frente de Ronaldo, Neymar ou Mbappé.

Ao fim de 18 jogos nas competições nacionais com a camisola da equipa principal do Benfica, João Félix chegou à meta dos primeiros 1000 minutos a jogar entre os grandes. Os resultados têm sido brilhantes, particularmente quando comparados com os de outros nomes do futebol internacional como Cristiano Ronaldo, Neymar ou Mbappé.

O novo menino de ouro do Benfica tem chamado cada vez mais a atenção dos benfiquistas e dos grandes clubes europeus como o Real Madrid que, dizem, estará a intensificar as observações e a ponderar avançar com uma proposta. Com apenas 19 anos, nos seus primeiros 1000 minutos nas competições nacionais, Félix soma um total de oito golos e três assistências em 18 jogos.

Os números são tão impressionantes que o jornal “As” resolveu compará-los com os de nomes grandes do futebol internacional da atualidade. A comparação óbvia era com Cristiano Ronaldo e aí o jovem jogador do Benfica leva vantagem. O internacional português completou o primeiro milhar de minutos ao serviço do Sporting com apenas 17 anos. Durante esse período, marcou três golos e fez uma assistência.

Abaixo dos números do menino prodígio benfiquista também está Neymar. O brasileiro começou a carreira no Santos e foi aí que, com apenas 17 anos, contou quatro golos e quatro assistências nos primeiros 1000 minutos. Já Mbappé, mais novo do que os outros, precisou de 33 jogos para alcançar essa marca de minutos. Fê-lo no Mónaco e marcou quatro golos e seis assistências.

Melhor do que João Félix só mesmo Messi. O internacional argentino chegou aos 1000 minutos aos 17 anos, já no Barcelona, e levava na conta uns impressionantes 13 golos marcados e oito assistências.

Perante as exibições e o interesse dos grandes clubes europeus, o Benfica renovou o contrado com Félix em novembro, subindo a cláusula de rescisão para os 120 milhões de euros.