Desporto

Jesus não conseguiu mais do que um empate na estreia oficial com o Flamengo

Derrota no jogo de estreia do português foi evitada graças a um golo de um antigo jogador do Benfica.

A trabalhar há pouco mais de um mês de trabalho com o plantel do Flamengo, Jorge Jesus fez a estreia oficial pelo clube na madrugada desta quinta-feira, 11 de julho. No seu primeiro jogo oficial, o técnico português não foi além de um empate a um golo em casa do Athletico Paranaense.

O encontro da primeira mão dos quartos de final da Copa do Brasil não começou da melhor forma para a equipa de Jesus. Depois de uma primeira parte sem golos, Léo Pereira marcou para o Athletico Paranaense aos 50 minutos.

A equipa do técnico português conseguiu restabelecer a igualdade 15 minutos depois através de um golo de Gabriel Barbosa, conhecido por Gabigol e, curiosamente, antigo jogador do Benfica.

Nesta partida estiveram ainda dois outros jogadores conhecidos dos portugueses. Diego, ex-portista, entrou no Flamengo aos 64 minutos, enquanto no lado contrário esteve Lucho González, também antigo jogador do FC Porto, que não chegou a sair do banco.

No final da partida, o treinador português comentou o resultado: “Não saio satisfeito com o empate mas penso que serve-nos mais a nós do que ao Athletico teoricamente”. Sobre a arbitragem, cujo VAR teve que intervir três vezes para anular golos ao Athletico Paranaense, Jesus disse que “esteve impecável em todos os principais lances do jogo”.

A conferência de imprensa no final do encontro ficou ainda marcada pelo momento insólito em que a sala ficou por alguns momentos às escuras, enquanto o técnico continuou a responder às questões dos jornalistas.

A estreia de Jorge Jesus no campeonato brasileiro está marcada para o próximo domingo, 14 de julho, frente ao Goiás, naquela que será também a sua estreia em casa.

Outros artigos de Desporto

Últimos artigos da 4MEN