Hello, Ladies

A minha amiga é melhor do que a tua: Margarida Morais

Tira centenas de fotos por dia, anda sempre com a casa às costas e não trocava o Instagram por nada.

Não se ria, é verdade, a nossa amiga é mesmo melhor do que a sua. A 4MEN correu os feeds de Facebook, Instagram e todas as redes sociais que conseguimos enfiar na memória dos nossos smartphones. Ao fim de várias horas de pesquisa, foi precisamente a essa conclusão a que chegámos. Se ainda assim tem dificuldades em acreditar, não se preocupe, trouxemos provas.

Tem umas impressionantes 1200 fotografias no Instagram e mais de 14 mil seguidores e é um caso raro nisto das redes sociais: nunca recebeu uma proposta indecente. É dentista durante o dia e influencer como uma espécie de segundo trabalho nos tempos livres. E por favor, nem lhe falem no fim da rede social: “Se acabasse ia sentir que perdia parte da minha vida”.

Olá Margarida, o que é que faz da vida?
Sou médica dentista. Nos tempos livres sou digital influencer e, como ganho dinheiro com isso, é como um segundo trabalho.

Como é que decidiu que devia ter um perfil público no Instagram e começar a trabalhar com marcas?
No início tinha poucos seguidores e as fotos que publicava eram mais de coisas do meu dia a dia. Depois comecei a tirar mais a mim própria e a ter mais seguidores. A partir dos quatro mil tornei público e uma marca de biquínis mandou-me uma mensagem a propor uma colaboração. Comecei a ser contactada por outras marcas, algumas estrangeiras. Agora estou numa agência e tenho sido mais procurada. Passei a receber dinheiro tenho isto como um hobby além da minha profissão.

Costuma fazer muitas sessões fotográficas?
Às vezes faço com amigas que fazem o mesmo e já fui abordada por três fotógrafos, mas sinto-me mais à vontade com pessoas que conheça. Sou muito exigente com a edição e a organização.

Tira assim tantas fotos por dia?
Não tiro todos os dias, mas ao fim de semana às vezes tiro umas 100 e depois escolho as melhores. Quando consigo até levo duas mudas de roupa para poder fotografar.

Anda sempre com a casa às costas?
Sou muito esquisita com os sítios. Gosto de espaços mais limpos, sem grandes padrões ou ruído visual. Em relação à roupa, vou logo com uma vestida e depois troco onde der.

Com tantas trocas nunca passou por uma situação mais embaraçosa?
Estava com a minha prima a fotografar em Alcântara e embirrei que tinha que trocar de top mesmo ali. O problema é que estava a chover torrencialmente e a única forma que tinha de o fazer era com uma t-shirt. Passou um senhor e ficou a olhar para mim a tentar perceber por que estava ali meia desarranjada.

Qual é a foto preferida do seu Instagram?
É uma que ainda não tive oportunidade de publicar mas que é com a parte de cima de um biquíni para uma campanha de uma marca portuguesa. Acho que ficou muito gira.

E os seus seguidores, qual é o tipo de foto de que mais gostam?
Se forem rapazes, gostam das de biquíni. As raparigas também, mas acima de tudo aquelas em que mostro looks. As fotos em que apareço têm sempre maior engagement.

Qual acha que é o tipo de foto que mais a favorece?
A rir, natural, descontraída, com cabelo solto e no verão. Detesto tirar fotos no inverno porque as cores são mais monótonas.

O que é que os amigos dizem das suas fotos?
As amigas adoram, sinto que sou uma inspiração para elas. Os amigos elogiam e, claro, gosto de saber que inspiro alguém.

E o namorado, o que acha?
Apoia imenso, acha piada a isto. As fotos em biquíni não acha tanta piada, mas evito as mais provocadoras ou na praia.

Então e qual foi a foto em que teve mais likes?
É uma para uma marca de quadros em que estou de costas. Nem acho que esteja muito provocante, mas talvez por estar de calções. Quando mostro mais as pernas ou estou de biquíni há mais engagement, mas nesta nem estava à espera.

Quem é que costuma fotografá-la?
O namorado, às vezes, mas mais uma amiga e um amigo que também são influencers.

Costuma receber mensagens estranhas?
Daquelas ordinárias por acaso nunca recebi, nem convites e essas coisas. O que mais recebo são mensagens a perguntar alguma coisa dos meus looks, a pedir conselhos clínicos por eu ser dentista e a perguntar como edito as minhas fotos.

Partilha muitas fotos em que parece estar distraída, é tudo encenação?
Às vezes, para que saia tudo natural e espontâneo, os meus amigos fazem palhaçadas e depois fotografam-me assim.

Como é que lida com a exposição nas redes sociais?
Desde que não haja exposição que passe limites e seja provocadora não acho que interfira com o meu trabalho. Um bom médico deve ser comunicativo e saber influenciar, isto é um segundo trabalho.

Quanto tempo passa online?
Muito tempo. É um vício, ando sempre com o carregador atrás e sempre que posso vou ver o que se passa.

E se o Instagram acabasse amanhã?
Não sei, acho que antes de acabar iria surgir outra, mas não acredito que vá acabar. Detesto o Facebook, ia sentir-me frustrada. Adoro fotografia e partilho no Instagram, é como um álbum de recordações. Se acabasse ia sentir que perdia parte da minha vida.

Nome: Margarida Morais
Idade: 28 anos
Onde vive: Lisboa
Clube de futebol: Benfica
Publicações: 1 239
Seguidores: 14 542 seguidores

Carregue na galeria para ver mais imagens de Margarida Morais, acompanhadas das nossas citações favoritas da escritora portuguesa Margarida Rebelo Pinto.

Outros artigos de Hello, Ladies

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?