Man cave

Há uma nova loja do Porto cheia de drones – e pode pilotá-los a todos

É a primeira loja oficial da DJI no Porto, abriu no final do ano e é uma espécie de paraíso dos drones, onde até pode aprender a pilotar.

No primeiro andar do 740 da Avenida da Boavista, existe desde o final do ano um espaço com uma pequena cabine e uma área vedada onde qualquer pessoa poder pilotar um drone. O espaço pertence à nova loja da HP Drones, representante oficial da DJI, que inaugurou o espaço no Porto a 28 de dezembro. É a primeira na cidade e a quarta do País – as restantes ficam em Lisboa, onde também se encontra a sede.

No espaço vendem-se maioritariamente drones – todos com câmara já embutida –, mas também tem gimbals (estabilizadores para gravar imagens para cinema, televisão ou vídeo), goggles e outros acessórios como baterias e hélices. A loja tem um total de 150 metros quadrados conta ainda com mais 60 de armazém.

O tipo de drones “depende muito da linha e do público a quem se dirigem”, explica à 4MEN João Melo, de 34 anos e um dos funcionários da loja. Para os consumidores profissionais, o topo de gama é a linha Mavic 2 – especialmente o Pro e o Zoom, os mais recentes e mais vendidos – e a Inspire 2. O representante da DJI refere que são estes “os mais icónicos”, desenhados essencialmente para serem usados em reportagens, vídeos ou, por exemplo, para eventos como casamentos.

Já na linha empresarial, “os valores sobem” compreensivelmente: os aparelhos têm uma qualidade de imagem suprerior, fazem menos ruído, têm mais estabilidade e uma maior autonomia. Quem mais procura este tipo de produto são “pessoas com explorações agrícolas, os bombeiros ou os polícias e outras forças de segurança, como ferramenta de trabalho para realizar algumas operações. A marca colabora ainda com instituições académicas, como a Universidade Lusófona ou o Instituto Técnico de Lisboa, para cursos de engenharia ou de audiovisuais.

No primeiro andar existe uma cabine onde se podem testar e pilotar drones.

A HP Drones tem também um serviço de aluguer de drones, feito através da página Rent a Drone, mas ainda apenas ativa na loja da capital. “Podem ser alugados ao dia ou à tarde”, por exemplo e “sempre sobre orçamento”, explica João Melo. Até porque depende sempre do tipo de outros equipamentos que também serão necessários. O aluguer básico para usar um Inspire fica por 119€ diários.

A nova loja é a primeira do País dedicada 100% a drones da DJI, já que a sede no Areeiro também se dedica ao modelismo. As reparações, por enquanto, são feitas apenas em Lisboa, onde se encontram dois técnicos especializados com certificação da marca chinesa. O representante da loja revela que nos planos está a abertura de um centro de reparações também no Porto, ainda sem data prevista.

As empresas ou os consumidores interessados na área podem realizar uma ação de formação, seja no manuseamento ou na especialização de determinada linha. A preparação assenta numa base teórica que aborda todo o funcionamento do drone e como se conecta, as medidas de segurança e a legislação envolvente; e uma parte prática para testar os modos de voo e de captura de imagem.

Existe também a loja online, onde se podem ser feitas todas as encomendas. O preço dos dispositivos pode variar entre os 100€ e os 3400€. 

Carregue na galeria para conhecer algumas das estrelas da loja: o drone mais barato, o best seller e o topo de gama.

Outros artigos de Man cave

Últimos artigos da 4MEN