Man cave

As novas Puma apertam-se sozinhas – e não são nada baratas

Depois da Nike, é a vez da Puma apresentar as suas sapatilhas inteligentes. Chegam ao mercado em 2020.
Carregue nas setas para ver mais imagens.

A Puma contra-ataca e tem um alvo na mira: a Nike e as suas sapatilhas inteligentes. Depois de a marca norte-americana ter anunciado as suas sapatilhas Adapt BB, cujos atacadores se atam sozinhos, a empresa alemã não esperou muito tempo para revelar a sua jogada. A Puma também criou um par de calçado inteligente e mosrta-o em toda a sua glória. Está na altura de conhecer as FI (Fit Intelligence).

A marca desenvolveu uma aplicação para facilitar ainda mais as coisas. Com um simples toque no smartphone, as sapatilhas apertam-se automaticamente. A app está ligada a um micromotor do sapato que aciona um sistema que faz com que os laços das sapatilhas se apertem através de cabos super finos. O aperto pode ser igualmente ajustado com o Apple Watch. O método mais simples de ajuste, no entanto, é através de um minúsculo touchpad na parte superior do sapato, que tem funções diferentes e que são ativadas de acordo com a forma como se desliza o dedo.

O calçado traz um sensor inteligente capaz de perceber o formato do pé e adapta o ajuste a cada pessoa. Os atletas também podem monitorizar e ajustar através de da app ou do relógio da Apple. A tecnologia foi construída para o ajudar a treinar de forma inteligente e é projetada para a mobilidade moderna, ou seja, para treinar em diferentes lugares na rua ou ginásio.

Em comunicado, Charles Johnson, o diretor geral de inovação da Puma refere que criaram “um produto que se debruça sobre o futuro do desporto que é a vida em movimento. É rápido e está sempre a mudar”. O sistema Fit Intelligence pode ser integrado em diferentes produtos desportivos.

Esta não é a primeira incursão da marca no mundo dos sapatos que se apertam sozinhos. As sapatilhas AutoDisc, lançadas em 2016, adaptavam-se ao pé e funcionavam via wireless. “O AutoDisc foi o antecessor da Fit Intelligence e, desde então, a empresa tem trabalhado incansavelmente para melhorar a funcionalidade, o interface do utilizador e a sua durabilidade”.

As FI custarão cerca de 300€, em conversão direta, quase mais 20€ do que as Adapt BB. O calçado da Nike começa a ser vendido já em fevereiro, mas para ter acesso às FI terá que esperar mais 12 meses. As sapatilhas da Puma estarão disponíveis no mercado em 2020.