Máquinas

Crítica: Usar écharpes também é coisa de homem

O Seat Ibiza 1.0 TSI Xcellence cor de rosa champagne perlado bebé não é só para mulheres.

O código da cor: rosa champagne perlado bebé

Só para começar, reparem como eu não faço ideia de como se escreve écharpes. Provavelmente está errado, mas como nem eu nem vocês que estão a ler a crónica automóvel desta semana sabemos, a coisa passa e não há stress nenhum. Cumpre o propósito, não cumpre? Todos sabemos o que é, não sabemos? Exato. Alguns não sabem. Pois se não sabem, meus amigos, é bom que se apressem, porque estas coisas da moda também são para os homens.

Já lá vai o tempo em que homem se queria a cheirar a cavalo. Isso de andar maltrapilho é para as épocas de revolução, em que não há tempo para aqueles cinco minutos marotos em que espalhamos creme no corpo como se ninguém nos estivesse a ver – o meu conselho é que não esteja mesmo, senão para além de estranho, vai ser muito difícil explicar porque é que estão há cinco minutos a espalhar creme e porque raio as virilhas são passíveis de hidratação. Vão por mim que eu sei do que falo. Hoje em dia o homem deve aprumar-se e ter orgulho em andar bem tratado e cheiroso. Atenção que a elegância não está no que vestimos, mas em como nos vestimos. Na atitude, na maneira de estar, enfim, em tudo aquilo que os nossos pais nos diziam para fazer e nós, no alto da nossa juventude, não fazíamos.

Ora este carro serve, sobretudo, para nos ajudar a ganhar um pouco dessa poise. E lá porque é orientado para o público feminino – que tem, naturalmente, uma elegância que os homens não conseguem alcançar – não quer dizer que não o possamos adquirir. Pois fiquem sabendo que eu andei uns dias com ele e senti-me muito bem. É verdade que a cor – rosa champagne perlado bebé… acho eu – não era propriamente a minha primeira escolha. Não era sequer uma escolha, mas lá que fica bem, fica (na verdade chama-se Magenta Mystic).

A juntar às jantes de 16 polegadas de dez raios, o conjunto fica todo com um ar mais sofisticado e mais sóbrio, ao contrário, por exemplo, do equipamento FR, mais agressivo e desportivo. O motor é o pequeno tri-cilíndrico de 1 litro e 95 cavalos. São poucos, mas são cavalos elegantes, que fazem bonitos trotes e aqueles movimentos de andar de lado. Não faço ideia para que situações dará jeito andar de lado. Avante, Galileu, segue aquele caranguejo! E lá vai ele, todo de ladex. Naqueles concursos de elegância metem sempre os cavalos a fazer esse passo. Isso só faz sentido se for acompanhado de kuduro. Uma boa kudurada e aí, sim, fará sentido meter os cavalos a andar de lado. Dá-lhe, Galilex, bu s’ta dodo da bli.

Este Ibiza mais sofisticado é uma boa solução para quem quer uma boa dose de tecnologia e um motor suficientemente capaz para as situações do dia a dia. Dá para carregar o telemóvel a bordo, tem um infotainment topo de gama, conexão com telemóvel e um design que não deixa ninguém indiferente. Para os que querem um pouco mais de prestações, têm sempre a versão FR com o 1.5 TSI de 150 cavalos. Agora, se me dão licença, vou apanhar alguns caranguejos. A todo o gás, Galileu.

Seat Ibiza 1.0 TSI Xcellence
Desde 19.168€

Para estacionar em noites de diversão: 6/10
Para a família ir de viagem: 5/10
Para papar topos de gama nos semáforos: 0/10
Para diversão on board: 7/10
Para andar de lado: top! Especialmente se tiverem o Galileu.

Outros artigos de Máquinas

Últimos artigos da 4MEN