Máquinas

As marcas já estão a preparar os telemóveis para a ultra-rápida 5G

A Qualcomm já tem um chip que chega a velocidades de 4,51 Gb/s e as principais marcas de smartphone já começaram a trabalhar na implementação.

Já navegamos na Internet através dos smartphones em ligações 3G e agora fazemo-lo, maioritariamente, através de 4G. Portanto, passar para a 5G, só pode ser bom, certo? Claro que sim. De acordo com as últimas notícias, a Qualcomm está a trabalhar num chip que assegura essa conectividade, o que significa que as marcas já estão a posicionar-se para serem as primeiras a usarem esta tecnologia nos seus aparelhos.

LG, Sony e HTC, e outras como a Asus, Xiaomi e ZTE, já demonstraram interesse em lançar novos equipamentos com este componente integrado, só que isso deverá acontecer apenas lá mais para 2019.

Para que esta funcionalidade esteja completamente implementada, as operadoras terão, antes de mais, que ser capazes de corresponder à procura, isto é, terão que disponibilizar uma cobertura de sinal adequada às exigências, que são muitas. Isto porque o 5G promete ser mesmo muito mais rápido do que a atual norma do 4G, ou seja, uma passagem de velocidades de vários megabytes por segundo para gigabytes por segundo – a Qualcomm registou velocidades até 4,51 Gb/s.

Tudo isto são boas notícias, mas a chegada a Portugal do 5G será pouco provável já no próximo ano, uma vez que as primeiras demonstrações da funcionalidade aconteceram em outubro de 2018, em Aveiro.

Outros artigos de Máquinas

Últimos artigos da 4MEN