Máquinas

A Intel quer fazer renascer os óculos inteligentes

A empresa apresentou o protótipo dos Vaunt, uns óculos que projetam imagens a laser nas retinas.

Ao que parece, o total falhanço dos Google Glass e dos óculos inteligentes não assustaram a Intel, que está a preparar o lançamento de um novo modelo. Os óculos, que não passam ainda de um protótipo, chamam-se Vaunt e parecem querer acertar em tudo o que o gadget da Google falhou.

O site de tecnologia “The Verge” teve acesso ao protótipo e há algo que salta imediatamente à vista: parecem ser um par de óculos absolutamente normal. A particularidade que os torna especiais? A capacidade de projetarem imagens nos olhos dos utilizadores através de lasers.

Os Vaunt permitem mostrar notificações relevantes dentro do campo de visão de quem usa os óculos. Para conseguir mostrar esse conteúdo, a Intel desenvolveu um display a laser que projeta imagens na lente dos óculos e que depois refletem na retina.

O laser chama-se VCSEL e é tão fraco que, de acordo com a marca, não precisa de qualquer aprovação legal para a sua utilização, ou seja, não há qualquer perigo para a saúde.

Quase todos os componentes eletrónicos do protótipo foram desenvolvidos especificamente para os óculos que pesam apenas 50 gramas. O Vaunt não terá câmaras, microfones, nem botões e as hastes da armação são flexíveis de forma a ajustarem-se facilmente à cabeça. E por falar em cabeça, é com ela que os utilizadores vão poder controlar o interface.

Ainda não há data de lançamento nem preço para os Vaunt, mas a Intel vai permitir que algumas empresas tenham acesso aos óculos de forma a poderem desenvolver software para o equipamento ainda durante este ano. Por outras palavras: ainda falta algum tempo até poder andar com os Vaunt para todo o lado e resta saber se vão seguir o caminho dos Google Glass, ou se vão ser finalmente os óculos inteligentes que as pessoas querem mesmo usar.

Outros artigos de Máquinas

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?