Máquinas

O Tinder vai dar todo o poder às mulheres

Pode fazer match à vontade, mas só vai poder enviar mensagens se elas quiserem.

Vêm aí mudanças radicais no Tinder e as mulheres podem começar já a esfregar as mãos. É que a aplicação de encontros vai passar a colocar-lhes nas mãos todo o poder. Aos homens, resta esperar por uma oportunidade.

A aplicação vai criar uma funcionalidade que permite às mulheres decidirem se querem começar ou não uma conversação com um match, ou seja, elas terão sempre de dar o primeiro passo. O sistema de matching continua intacto, mas agora, os homens terão que ficar na expectativa.

Esta é, aliás, uma função que já existe no Bumble, a app rival criada pela co-fundadora do Tinder Whitney Wolfe Heard.

A funcionalidade é opcional e as mulheres poderão ativá-la ou desativá-la conforme preferirem e a qualquer altura.

“É normal que as mulheres não queiram a pressão de começar uma conversa mas, se o quiserem, isso é ótimo”, apontou Mandy Ginsberg, CEO do Match Group que tem outras apps de encontros. De acordo com o “The Verge”, a funcionalidade visa “prevenir mau comportamento, avanços negativos e comunicação inapropriada”.

Outros artigos de Máquinas

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?