Treino

30 alimentos com calorias negativas que deve ter em casa

O mais calórico tem 62 calorias, por 100 gramas e o menos, 11 calorias apenas. Ou seja, são os aliados perfeitos para a perda de peso.

Existe a ideia de que há alimentos que, para serem digeridos, precisam de mais energia do que aquela que oferecem — são conhecidos como alimentos com calorias negativas. No entanto, segundo Mafalda Cunha, nutricionista do Holmes Place, apesar de esta ideia ter dado origem a dietas milagrosas, não há evidência científica que a comprove, embora existam alimentos com estas características.

“Por definição, uma caloria ou quilocaloria — o termo correto — é a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de um litro de água de 14,5 graus para 15,5 graus”, começa por explicar à NiT

Cada alimento tem uma quantidade de calorias diferente e essa energia é usada pelo nosso organismo para diversas funções, entre a digestão e a respiração, ao batimento cardíaco e até à nossa atividade física diária.

A teoria das calorias negativas diz, no fundo, que “existem alimentos com tão poucas calorias que, durante o processo de metabolização, o nosso organismo gasta mais energia a digeri-los do que aquele que eles realmente fornecem”. Ou seja, estes alimentos acabam por aumentar a saciedade e preencher mais espaço no estômago sem comermos grandes quantidades.

Desta forma, há um défice de calorias que pode ajudar na perda de peso.

Não há nenhum estudo que comprove a existência destes alimentos, mas há algumas frutas e vegetais pouco calóricos, com níveis elevados de água e com grandes quantidade de fibra que acabam por assumir algumas das características dos supostos alimentos com calorias negativas. Os morangos, a melancia, o pepino, os brócolos e o tomate são alguns deles.

Carregue na imagem e conheça os 30 alimentos com calorias negativas que deve ter em casa.

Outros artigos de Treino

Últimos artigos da 4MEN