Treino

Faz abdominais todos os dias e o six pack não aparece? Este é o motivo

Centenas de abdominais por dia podem não ser suficientes. Não se preocupe, nos temos a solução.

Os treinos são repartidos para que nenhum grupo muscular fique por treinar: dos tríceps ao peito, dos bíceps às costas e finalmente as pernas e os ombros. Mas o mais importante de todos, aquele de que nunca abdica, por mais custoso que seja, são os abdominais. Está disposto a tudo para ter um six pack de sonho. Só que mesmo ao fim de 100 abdominais por dia, ele nunca mais aparece. Temos uma má notícia para lhe dar: pode fazer mil e continuar sem chegar ao objetivo.

Os abdominais são um do grupos musculares que mais dúvidas levantam e, por isso mesmo, a 4MEN quis saber porque é que o six pack continua a teimar em manter-se escondido, mesmo ao fim de horas e horas de treino.

Ponto um: fazer apenas abdominais não é suficiente. É preciso também ganhar força e estabilidade e, nesse sentido, “deve-se alternar os exercícios, as intensidades, o número de repetições” e  “fazer dias com exercícios exclusivamente isométricos (pranchas, bolas medicinais)”, revela o personal trainer Tiago Miguel Silva..

Além de ajudar a definir o corpo, quanto mais variados forem os estímulos para este grupo muscular, “melhor ficará o perímetro abdominal, que terá maior estabilidade para realizar outros exercícios”, esclarece.

O personal trainer defende ainda que se a sua percentagem de massa gorda for elevada, mais difícil será que o six pack seja visível, mesmo que ele esteja lá. E tão importante quanto todos estes pormenores ou até o número de repetições que faz por dia, é a técnica com que faz os abdominais.

“Não tem muito a ver com o número de abdominais mas também com a qualidade com que os faz. O modo de execução é descurado, muita gente pensa que quantos mais, melhor, e que mais facilmente a barriga ficará lisa, mas só vão conseguir uma grande dor no pescoço e na zona lombar. É importante fazer bem os abdominais e proteger bem a zona do pescoço/cervical e da lombar. Relativamente à definição, se não comermos bem, a probabilidade de ficarmos com reservas de gordura abdominal é grande. Por mais abdominais que se façam, não há volta a dar”, explica.

Uma alimentação saudável é um ponto de partida ideal, mas será que chega? A menos que se tenha a preocupação de beber muita água, dificilmente vai ter sucesso. Para Tiago Miguel Silva, é importante mantermo-nos hidratados quando estamos na sala de musculação e não apenas nos períodos que antecedem e precedem o treino

“É importante beber água durante todo o treino,não só para criar um bom hábito de hidratação, mas também porque vai transpirar muito mais do que é normal, o que é ótimo para o processo de definição que se pretende. E se conseguir beber, dentro desse período do treino, um litro de água e mais dois durante o resto do dia, isso era mesmo o ideal”.

E para quem tenha alguma retenção de líquidos, a solução poderá passar por beber chás diuréticos ao longo do dia, mas evite consumi-los no treino porque se perdem muitos minerais e pode causar desidratação.

“Resolvendo este problema de retenção de líquidos de certeza que o seu six pack vai aparecer num instante”.

Outros artigos de Treino

Últimos artigos da 4MEN