Treino

Lista negra: 17 alimentos que nos deixam com ainda mais fome

Alguns deles provavelmente já conhece, mas há outros que são verdadeiras surpresas.

A fome aparece da forma mais inocente possível e, quando não contamos com isso, ataca sem piedade. O pior é que isso vem de onde menos esperamos — até da comida.

“Alguns alimentos têm elementos, como gorduras saturadas, hidratos de carbono e alto teor de sódio, que alteram a produção de insulina e leptina, as hormonas responsáveis pelo apetite e pela saciedade”, explica à NiT Ana Pinto Paradela, nutricionista e autora do site “NutriAging“.

São estes alimentos que interferem nas mensagens enviadas ao cérebro e que fazem com que o organismo saiba que está na hora de parar de comer.

Além disso, eles não são ricos em nutrientes indispensáveis para nos mantermos satisfeitos, como fibras, vitaminas e minerais. Resultado: acabamos por ter fome muito mais cedo do que seria suposto.

Segundo a especialista, o excesso de ingestão de alimentos processados e com alto teor de hidratos de carbono, sobretudo os simples e refinados, fazem com que os níveis de açúcar no sangue (glicose) aumentem. E isto faz com que aumente também a secreção de insulina — hormona responsável por regular o açúcar no sangue.

Quando isso acontece o açúcar pode ser transportado em forma de glicogénio (energia de rápido acesso) no fígado e nos músculos ou armazenado em forma de gordura (quando o organismo já tem todo o açúcar que precisa).

As pastilhas elásticas e as gomas, bem como o fast food, são alimentos já conhecidos que provocam este processo no organismo. Mas existem aparentemente inocentes, como fruta e iogurte, que também fazem parte da lista negra.

Carregue na imagem para saber quais são os 17 alimentos que vão deixá-lo com ainda mais fome.

Outros artigos de Treino

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?