Treino

Proteínas veganas fazem melhor ao coração do que a carne

Um novo estudo indica que uma alimentação à base de frutos secos sementes diminui o risco de doenças cardíacas.

Para uns é um estilo de vida seguido à risca, para outros é apenas uma moda para ficar bem na fotografia. Ainda assim, há cada vez mais adeptos das dietas veganas. Os médicos aprovam e dizem que há vários benefícios nesse estilo de vida saudável, que têm vindo a ser demonstrados em estudos científicos.

Um estudo feito por investigadores da Loma Linda University, na Califórnia, e do Institut National de la Recherche Agronomique, em Paris, indicou que quem consome quantidades significativas de carne aumenta o risco de sofrer de doenças cardíacas.

Nesse estudo, onde foram analisados dados de 81 mil pessoas, verificou-se que quem consome mais carne aumentou em 60% o risco de doença cardíaca. Por seu lado, para aqueles que vão buscar a maioria da proteína da sua dieta aos frutos secos e sementes, o risco de contrair essas mesmas doenças diminui em 40%.

Esta não é a primeira vez que dietas baseadas em vegetais são elogiadas. Ainda assim, é preciso ter algum cuidado. De acordo com o jornal britânico “The Independent”, as dietas vegetarianas que incluem muitas bebidas açucaradas, cereais refinados e batatas podem ser prejudiciais ao coração.

Seja qual for o seu tipo de alimentação, a chave está no equilíbrio e, no caso das doenças cardíacas, o melhor é optar por uma dieta rica em vegetais, cereais integrais e frutas, deixando de lado a carne.

Outros artigos de Treino

Últimos artigos da 4MEN

Queremos ser seu amigo no Facebook. Pode ser?